Ministro da Saúde diz que deixará o cargo em abril para disputar eleição

News3

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, anunciou nesta quinta-feira (4) que vai deixar a pasta para tentar se reeleger deputado federal na eleição do ano que vem.


Barros fez o anúncio durante uma entrevista coletiva no ministério sobre a execução orçamentária da pasta em 2017.


Pela legislação, ministros que decidirem disputar a eleição de 2018 têm até 7 de abril para pedir exoneração.


Barros não deu uma data específica de quando vai se desligar do governo porque afirmou que isso depende de decisão do presidente Michel Temer. Após a entrevista, a assessoria do ministro informou que a intenção dele é permanecer até 7 de abril.


Compartilhe:

Deixe seu comentário